17 de Dezembro : 67 Anos do Desembarque Japonês em Bornéu

Novembro de 1941, uma reunião secreta é realizada no gabinete do Marechal Sugyama.O Japão planeja lançar a grande guerra contra as potências ocidentais.O General Imamura , que estava na China, recebe a ordem de preparar uma operação fundamental para a hegemonia nipônica : A Conquista das Índias Orientais.

180px-sugiyama_genhitoshi-imamura

Mar. Sugyiama                                       General Imamura

Para executar essa missão, Sugiyama disponibiliza o comando do 16o Exército Japonês, poderosa força integrada por três divisões veteranas e numerosas unidades auxiliares. A operação começaria com a ocupação dos campos de petróleo da ilha de Bornéu, e depois com a invasão de Java, base dos  aliados .

Nos primeiros dias de dezembro, as tropas de Imamura terminam seus preparativos e já estão prontas para executar a campanha.É fácil perceber que o dia do ataque se aproxima.O modelo de ataque baseado na blitzkrieg alemã é rápido e fatal.Imamura , recebe numa carta de seus superiores , a seguinte frase:

“Quaisquer que sejam as dificuldades, deve se encerrar a conquista de Java no fim de duas semanas!”

O ataque contra Bornéu se inicia a 17 de dezembro e é concluído com êxito. Em seguida, os japoneses invadem Sumatra e submetem as forças holandesas com o apoio de nacionalistas indonésios. Chegava então a vez de Java. Na madrugada de 18 de fevereiro, 56 navios-transportes saem da Indochina, em direção ao ao extremo oeste da ilha. Enquanto isso, outros 40 navios-transportes se dirigem das Filipinas para a costa oriental. Assim, atacando Java dos dois lados. Enquanto as tropas invadem, os bombardeiros e caças Zero atacam os aeródromos da ilha e conseguem destruir  quase toda aviação aliadaAssim a supremacia aérea japonesa é assegurada, o que é fundamental no desenrrolar da campanha.

Está assim assegurada a absoluta supremacia aérea japonesa, fato que terá influência decisiva no desenrolar da campanha________________-ki-61kawasaki-hien-______________________

Aviador da Força Aérea Japonesa

soldados1

Em Bandung, o General Wavell, comandante-em-chefe das forças aliadas em Java, percebe que tudo está perdido. Para defender, a ilha, possui apenas três fracas divisões holandesas, três batalhões australianos e uma dezena de antiquados tanques leves. No total,aproximadamente uns 28 mil soldados sem munição e armamento suficiente.Diante difícil situação, o alto-comando britânico, em Londres, decide ordenar a Wavell que abandone Java. Que depois de entregar o comando ao Almirante holandês Helfrich, parte de avião para à Índia.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://grandesbatalhas.wordpress.com/2008/12/17/17-de-dezembro-67-anos-do-desembarque-japones-em-borneu/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: